• Édi Willian Moreira dos Santos

Agente é preso passando drogas na delegacia de Ivaiporã



*Foto Paraná Centro

Uma denúncia anônima levou o delegado da Polícia Civil de Ivaiporã, Gustavo Dante, a investigar o agente de cadeia Adevilson Trajano, 37 anos, por supostamente fornecer drogas e aparelhos de celular para presos da carceragem.

Adevilson Trajano, trabalhava há cerca de 3 anos, como agente de cadeia PSS (Processo Seletivo Simplificado), foi preso em fragrante, nesta segunda-feira, dia 29 de fevereiro, por volta das 06h00, pelo delegado Gustavo Dante e pelos investigadores Aparecido Pinto da Silva (Ivaiporã), Rômulo Cardoso, Edison Merlini e Laércio Choratto, os quais vieram da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana. Apesar das constantes operação de bate-grade realizadas pela Polícia Civil e Polícia Militar de Ivaiporã, o delegado Gustavo Dante disse que continuavam localizando aparelhos de celular e drogas no interior das celas, o que levou a supor que poderia haver facilitação. Depois, Gustavo Dante deu início às investigações, que culminaram com uma denúncia anônima, apontando o agente Adevilson Trajano como suspeito. Segundo o delegado, foram localizadas 240 gramas de maconha – divididas em três envolúcros plásticos e 5 aparelhos celulares, os quais seriam repassados aos presos. A prisão do agente chocou os colegas de trabalho e inclusive profissionais da imprensa, uma vez que encontravam Adevilson Trajano, durante o plantão dele, nas ocasiões em que surgiam matérias policiais. Fonte: Jornal Paraná Centro


11 visualizações0 comentário