• Édi Willian Moreira dos Santos

Após briga entre andarilhos em Faxinal, polícia descobre que andarilha consta como desaparecida



Uma briga entre andarilhos na tarde deste sábado (11), por volta das 17h35min, na Rua Antonio Garcia da Costa, fez com que a polícia militar se deslocasse ate o local, onde conversou com populares que informaram as características dos envolvidos.

Em patrulhamento nas imediações, na Avenida Brasil próximo à Rua Ismael Pinto Siqueira, a equipe localizou a mulher que teria sofrido as agressões. A mesma confirmou que ela sofreu agressões e estava com alguns machucados leves pelo o corpo.

A vitima ainda relatou a equipe que o agressor e ela são andarilhos, não possuem endereço fixo e estavam juntos no máximo duas semanas e que não soube informar o motivo das agressões sofridas, que a vítima apresentava possuir algum tipo de deficiência mental, falando coisas sem nexo e conversando sozinho, não sabendo informar a sua data de nascimento, nem o nome de seus pais e também não portava nenhum documento de identificação.

A mesma informou à equipe que não queria representar contra a pessoa do agressor, diante dos fatos a equipe encaminhou a vitima ao hospital para tratar seus ferimentos e orientou a mesma a tomar as medidas cabíveis.

Ao fazer a consultar o nome da vítima no sistema, foi constatado que a mesma consta como desaparecida. Sabendo desta informação a equipe deslocou ao hospital para encontrar a mesma, mas ela já tinha saído do hospital e não foi encontrada. A equipe realizou patrulhamento para localizar, porém a mesma não foi localizada.


3 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon