• Édi Willian Moreira dos Santos

Após pedido de entidades ao MP prefeito revela dockdown


Uma grande polêmica acabou sendo instaurada na cidade de Faxinal nesta terça-feira, relacionada a um possível lockdown.


Uma reunião com uma coletiva para alguns órgãos de imprensa foi realizada na tarde desta terça-feira, onde após um ofício encaminhado ao ministério público pelas entidades Rotary Club, Loja Maçonica, ACEF, Sindicato Rural, Paróquia São Sebastião, Paróquia Maria Mãe da Unidade, Rotaract Club e Interact Club, com o pedido para que o promotor tomasse as medidas necessárias para que coibir aglomerações e salvaguardar vidas da população de Faxinal culminou na notícia do decreto do lockdown por 10 dias no município a partir de sexta-feira.


Após o anuncio do lockdown pelo prefeito, a ACEF (Associação Comercial e Empresarial de Faxinal) emitiu nota informando que não pediu lockdown no município.



Pouco tempo depois o Rotary Club de Faxinal também emitiu uma nota declarando não ter solicitado o lockdown no município, sendo acompanhado também pela Loja Maçônica.



Como o pedido foi realizado ao ministério público e foi sabido pela prefeitura através das redes sociais, é necessário esperar o manifesto do ministério público ao município para confirmar se haverá ou não o lockdown no município que conta com mais de 1500 casos positivados, sendo que mais de 220 casos ativos.

687 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo