• Édi Willian Moreira dos Santos

Assaltantes rouba carga de combustível entre Apucarana e Cruzmaltina



Um assalto foi realizado na cidade de Cruzmaltina na PR 453, mais precisamente no KM 5, contra um homem de 30 anos e uma carreta da marca Scania, por volta das 09h45min.

Segundo informações, o homem transitava com o caminhão marca Scania G 380, ano 2009/2010, cor vermelha, placa BCR-1401 de Maringá/PR, acoplados pelos reboques de marca Gotti, anos 2008, cor branca, placas ASF-2058 e ASF-2057 de Maringá/Pr, de Paranaguá/Pr à cidade de Campo Grande MS, afirma que parou na cidade Mauá da Serra para jantar, por volta das 19 horas, em seguida tomou sentido Apucarana.

Já em Apucarana adentrou no trevo que vai para Maringá, quando em uma subida este percebeu que o caminhão ficou pesado e que ao tentar olhar o que havia acontecido um indivíduo com capuz já se encontrava na porta do caminhão com uma arma na mão e determinando que adentrasse novamente ao interior do veículo juntamente com seu parceiro, fossem para o banco do caminhão e cobrisse a cabeça, quando uma pessoa tomou a direção do caminhão e tomou sentido trevo que dá acesso a Novo Itacolomi/Borrazópolis e no trevo de acesso a Borrazópolis tomou sentido PR 453, km 5 aproximadamente 600 metros do trevo conhecido como trevo da Coamo estes pararam o caminhão determinaram para os mesmos descerem e um indivíduo os acompanhou até um matagal onde foram amarrados com suas próprias vestes e este individuo ficou vigiando os mesmos por aproximadamente 4 horas.

Por volta das 5 horas apareceu outro indivíduo e chamou pelo vigia, onde este determinou às vítimas que contasse até 300 e depois poderiam sair, que não saísse antes senão seriam mortos. Que passados alguns tempos estes saíram da mata e já avistaram o caminhão estacionado na beira da rodovia, com a frente sentido Borrazópolis. Afirma o mesmo que o caminhão estava carregado de óleo Diesel aproximadamente 45 mil litros, também afirma que o sistema de freio foi solto pelos autores a fim de pesar mais e o caminhão andar devagar e que não sabe informar que tipo de veículo ou identificar as pessoas envolvidas por estar de capuz e roupas escuras e pedindo para não olhar no rosto dos mesmos.

Que logo após, relata o solicitante que pegou o caminhão e percebeu que haviam roubado o combustível e que danificaram o interior do caminhão, em seguida deslocou até o DPM a fim de registrar o Boletim de ocorrências. Que os autores ainda retiraram a plotagens da empresa e causaram danos nos reboques. Boletim elaborado e encaminhado a autoridade para as providencias cabíveis.


1 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon