• Édi Willian Moreira dos Santos

Bandidos são presos após assalto em casa de família em Faxinal


Na manhã desta sexta-feira (14), por volta das 08h45min, na Rua II da Vila Nova, um assalto a uma casa que fica nos fundos de uma mercearia foi registrado.

Segundo relatos, Reinaldo Adriano dos Santos, de 35 anos, informou que havia saído para trabalhar por volta das 06h30min e que ao retornar à sua casa, aproximadamente as 08h45min, se deparou com sua esposa a esposa Gismara Fernanda Vanes da Cunha, de 26 anos, junto com sua filha, criança de colo, ambas chorando muito e dizendo que haviam sido vítimas de roubo por volta das 07h45min.

Segundo a mulher, dois indivíduos, um de cor branca, o qual a vítima já conhece por morar próximo a sua residência, Alan Ribeiro Pedroso, que é foragido da Delegacia de Policia Civil de Faxinal e um outro indivíduo de cor morena, também conhecido, que seria Marcos Willian de Barros Sarturi, ambos já conhecidos no meio policial.

A vitima relata que ambos entraram em sua residência com uma pistola, de cor preta e que apontaram para sua filha dizendo que iriam matar as duas caso não fosse entregue uma quantia de dinheiro que eles guardavam, em seguida obrigaram a vitima se deitar ao chão com sua filha para amedrontá-las e tentar dificultar o reconhecimento, a vitima recorda que ambos os criminosos entraram pela porta da frente da residência e que permaneceram por cerca de 10 minutos e saíram pela porta dos fundos da casa levando certa quantia em dinheiro, dois aparelhos celulares, um Samsung-A9 e outro de marca não identificada além de uma lanterna pequena.

Ainda antes de sair ameaçaram a vítima exigindo armas, pois tinham a informação de que as vítimas possuíam armas dentro de casa. Foram feito levantamentos de informações e patrulhamento por toda região na tentativa de encontrar os autores. Por volta das 11 horas, a polícia militar recebeu da vítima uma informação de que um veículo Fiat/Pálio, de cor preta, com placas de Mauá da Serra/PR, estaria dando fuga para os criminosos na Estrada do Barreirinha e que ao perceberem sua aproximação, os suspeitos começaram a segui-lo.

Diante dos fatos a vítima permaneceu com o telefonema na linha falando com a polícia enquanto eram seguidos pelos supostos criminosos, a vitima ainda informou que dois indivíduos haviam ficado no mato enquanto o Pálio com outros dois ocupantes, começaram a segui-lo.

Momento em que a equipe visualizou o veículo em uma Estrada Rural, foi possível visualizar que um objeto não identificado teria sido lançado para fora do Fiat/Pálio, com placas de Mauá da Serra, EPZ-4594, em seguida a equipe deu voz de abordagem e dentro do veículo, encontravam-se dois indivíduos sendo eles identificados por Valdir Gomes de Souza Júnior, 18 anos, e Luana Alves Pessoa, 22 anos.

Questionado qual a participação de ambos com o roubo, permaneceram calados. Ao fazer a varredura no local que dispensaram o objeto não identificado, foi encontrado um simulacro de pistola Taurus 24/7, alguns metros à frente foram encontrados também uma blusa de cor vermelha usada pelos criminosos no roubo e uma lanterna pequena que também era produto do roubo.

Os dois indivíduos do Fiat/Pálio receberam voz de prisão e foram encaminhados até a Delegacia de Faxinal. A vitima compareceu a Delegacia e acabou reconhecendo os objetos usados no roubo, que seriam o simulacro, a blusa de cor vermelha e também a lanterna subtraída no roubo.

Mais tarde, uma equipe de Mauá da Serra, informou que os possíveis autores estariam na cidade, inclusive que um teria o cabelo tingido de loiro e várias tatuagens, e outro seria conhecido pela alcunha de Tonho. Em diligências próximo ao Conjunto 106, chegou uma nova informação que em uma casa havia cinco indivíduos e que poderiam ter participação no crime.

Na residência, Aisllan Wesley Lopes da Silva, que se apresentou como morador, autorizou busca domiciliar, porém nada de ilícito foi localizado, mas em um endereço ao lado, onde reside Avacir da Luz Ávila, estava ele e seu filho adotivo de nome Luis Henrique Prima, o qual disse estar morando em Rosário do Ivaí.

Este foi reconhecido pela vítima de Faxinal, como um dos participantes. Em outra casa, numeral 63, proprietário Antonio Mariano Marins, no quintal, dentro da caixa de gordura, havia uma sacola verde onde havia R$ 3.992,00 em diversas notas. Indagado Antônio, o mesmo não soube dizer a procedência do dinheiro, como ele foi parar naquele local e que não conhecida Luis.

Todos os detidos foram levados para a Delegacia, e todos eles, inclusive os que foram reconhecidos, negaram participação no crime de roubo em Faxinal.


9 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon