• Édi Willian Moreira dos Santos

Cristina Kirchner depõe à Justiça argentina em processo de lavagem de dinheiro



Não é só no Brasil que ex-presidentes tem problemas com a justiça, na Argentina, a ex-presidente Cristina Kirchner compareceu à Justiça nessa quarta-feira (13) para depor em um processo que investiga a venda de contratos futuros de dólar a preços abaixo do mercado internacional, que teria causado um prejuízo aos cofres públicos equivalente a R$ 17 bilhões. Ela entregou sua defesa por escrito, acusou o atual governo de montar uma operação para prendê-la e discursou para milhares de simpatizantes que foram até o tribunal para apoiá-la.

“Podem me convocar 20 vezes. Podem me mandar prender, mas o que não vão conseguir é me calar e me impedir de dizer o que penso”, disse Cristina. O discurso público, feito de um palanque montado pelos simpatizantes da ex-presidenta na porta do tribunal, durou quase duas horas e foi o primeiro desde a sua despedida da Casa Rosada, no dia 9 de dezembro.

Cristina deixou o governo sem passar a faixa presidencial ao sucessor Mauricio Macri. Ela viajou para a província de Santa Cruz, no extremo Sul da Argentina, no dia da posse do novo presidente e só voltou a Buenos Aires na segunda-feira (11), pela primeira vez em quatro meses.

No aeroporto, uma multidão com bandeiras e faixas esperava a sua chegada. Um pequeno grupo ficou de plantão, na porta do edifício do bairro nobre da Recoleta, onde a ex-presidenta tem um apartamento, para saudá-la cada vez que saía de casa. Nem parecia que Cristina Kirchner tinha viajado a Buenos Aires a pedido da Justiça.

O juiz Claudio Bonadio está investigando contratos futuros de dólares, negociados meses antes do fim do segundo mandato de Cristina, a preços em média 42% abaixo da cotação no mercado internacional. Na época, ainda vigoravam os controles cambiais impostos pelo governo em 2011, para impedir a fuga de divisas. O Banco Central vendeu a moeda norte-americana prevendo que, no futuro, custaria cerca de dez pesos (cifra próxima ao câmbio oficial), quando no mercado paralelo já tinha superado os 15 pesos.

Fonte: Agência Brasil de Notícias


1 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon