• Édi Willian Moreira dos Santos

Deputados governistas quebram urnas na votação da comissão do impeachment



Em sessão realizada na tarde desta terça-feira (08), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), determinou que a votação que iria definir as chapas que irão compor a comissão especial do impeachment seria com voto fechado. Para o presidente Eduardo Cunha, o voto aberto poderia fazer com que os deputados não fizessem valer de sua vontade pois como de costume iriam seguir a orientação dos líderes de seus partidos.

Após o anúncio, os deputados governistas quebraram 10 urnas eletronicas que estavam instaladas no congresso, como informou a Polícia Legislativa.

Mesmo cercado por deputados da base governista, onde alguns deputados chegavam a apontar o dedo para o presidente da casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu manter a votação fechada.


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon