• Édi Willian Moreira dos Santos

Desemprego no Brasil fica em 9% e já é o maior da série histórica pesquisada



O desemprego medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), ficou em 9% da popúlação econômicamente ativa. Os dados referem-se ao trimestre que terminou em novembro de 2015., A taxa é a maior já medida para o período desde 2012, quando iniciou o período histórico pesquisado pelo IBGE.

No trimestre anterior, de junho a agosto, o índice havia ficado em 8,7% e no trimestre de setembro a novembro de 2014, em 6,5%.

Os números mostram que no país a população desempregada chega a 9,1 milhões de pessoas economicamente ativa e em idade de trabalho. Segundo os pesquisadores, o número de pessoas desempregadas no período chegou a 323 mil pessoas. A quantidade de empregadores se manteve estável, porém o número de carteiras assinadas caiu 3,1% quando comparado ao mesmo período de 2014.

O salário médio dos brasileiros também teve uma queda, em torno de 2,4%, enquanto o setor de trabalhadores domésticos, teve uma retração de 5,5%.

O dado mais alarmante, é que no período pesquisado, é um período que normalmente há crescimento do número de postos de trabalho, devido os postos temporários abertos para o natal, o que deixa a preocupação grande, pois o próximo período trata das dispensas de natal e tem uma queda no nível de empregos.

Outro dado que pode deixar a conta maior, é que o governo não conta como empregado beneficiários do programa Bolsa Família, o que poderia aumentar susbstancialmente o número de desempregados.


2 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon