• Édi Willian Moreira dos Santos

Ex-governador de MG é o primeiro preso por Mensalão Mineiro



O ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB) foi condenado nesta quarta-feira (16) a 20 anos e dez meses de prisão, em regime fechado, pelo envolvimento no escândalo de corrupção conhecido como mensalão mineiro. A sentença foi expedida pela juíza da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, Melissa Pinheiro Costa Lage.

A decisão cabe recurso, porém Azeredo é o primeiro político do PSDB condenado no esquema do mensalão 17 anos após os crimes ocorrerem.

O tucano foi condenado por crimes cometidos durante a sua campanha à reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998, quando acabou derrotado pelo ex-presidente Itamar Franco.

Azeredo foi condenado por desviar R$ 3,5 milhões de estatais mineiras por meio das empresas de publicidade de Marcos Valério, que ficou conhecido como valerioduto e também abasteceu o esquema petista anos depois, para sua campanha à reeleição ao governo de Minas, em 1998.

Informações: Estadão


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon