• Édi Willian Moreira dos Santos

Faxinal, São João do Ivaí e Lunardelli com violência doméstica no domingo


Vários casos de violência doméstica foram registrados nesse domingo no Vale do Ivaí, sendo que os casos tem aumentado muito.


O primeiro caso aconteceu em Faxinal, na Rua Ana Nery, onde a solicitante relatou que estava assando carne em sua residência e ao ir ao vizinho chamar seu filho este desferiu dois tapas no rosto da solicitante. Ainda informou que o mesmo estava ingerindo bebida alcoólica e não gostou de ser chamado. Diante do fato foi deslocado até o endereço da solicitante onde foi realizado busca no intuito de achar o autor, porem sem êxito.


Em São João do Ivaí, na Avenida Itaipu, a mulher relatou que chegou em uma bar junto com amigos e que no mesmo ambiente estava seu ex-amasio que estão separados a aproximadamente um mês e começou provoca-la inclusive chegando a arremessar na mesma um copo, em ato continuo a vitima saiu do local e que passado algum tempo dirigiu se até o pátio de um posto de combustível e no local encontrava se também o autor, momento em que a vitima foi até o mesmo para tirar satisfações sobre os fatos ocorridos no bar e que durante a discussão as partes entraram em vias de fato sendo que a vitima relata que recebeu tapas e socos no rosto além de ter sido segurada pelo pescoço e jogada no chão o que lhe resultou em varias escoriações, relata ainda que também foi agredida por uma pessoa do sexo feminino que encontrava se com ele no momento do ocorrido, viatura deslocou até o local no intuito de localizar o autor obtendo êxito, sendo então devidamente abordado e conduzido para delegacia de policia civil para esclarecimento dos fatos.


Em Lunardelli, na Rua Rio Grande do Sul, uma mulher estaria apanhando de seu esposo, onde apos uma discussão o mesmo pegou um banco e partiu para cima da vitima que se defendeu, em momento seguinte o mesmo pegou uma faca em cima da pia e de pronto a mesma conseguiu toma-la do mesmo e este começou a puxar seus cabelos a levando para fora da casa chacoalhando e dando tapas em sua face, só parou por que o pai dele gritou para que a largasse, o mesmo disse que se a vitima chamasse a policia ela seria uma mulher morta a ameaçando, a equipe ao chegar no local constatou que o mesmo havia empreendido fuga nos fundos do terreno pois é uma mata escura. A vitima fora encaminhada para o hospital de Lunardelli para os procedimentos quanto a dores que relatava sentir.

0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon