• Édi Willian Moreira dos Santos

Homem embriagado é detido após tentar coagir polícia em Faxinal


Um homem embriagado foi detido na manhã desta quarta-feira (13), as margens da Rodovia PR 272, em Faxinal, após tentar coagir policiais.


A polícia militar estava em patrulhamento pela PR 272, quando visualizou um veiculo Ford Fiesta cor prata, de placa AOH 8023, de Curitiba, que vinha fazendo ziguezague na pista e ao parar no trevo para sair, cantou pneu. Diante do fato a equipe realizou a abordagem do mesmo, que veio a parar o veiculo no posto de combustível trevo, solicitado que o mesmo desembarcasse do veiculo, o mesmo demorou alguns segundos pois não conseguia abrir a porta do automóvel, que desceu do veiculo se escorando na porta, sendo possível identificar C M T, que estava visivelmente com sintomas de embriagues, tais como, vestes desalinhadas, fala desconexa, olhos vermelhos e odor etílico.


Ao realizar a checagem do veiculo junto ao sistema, foi possível identificar débitos junto ao Detran, sendo então informado a C que ele teria seu carro apreendido por tal debito, que após receber a informação de que seu carro seria encaminhado ao pátio do Detran, C ameaçou a equipe dizendo, "vocês irão levar meu carro preso? eu quero ver! irei ligar para o sargento em Ivaiporã".


Diante do fato fora dado voz de prisão ao individuo pelo crime de embriaguez ao volante e trafico de influencia, em busca veicular, fora localizado ao chão duas latas de cerveja já consumidas, onde foi oferecido a C o teste do etilometro, vindo a aferir a quantia de 0,10mg/l.


O homem vinha perguntar por diversas vezes perguntar o nome do Sd Magioni, com intuito de intimidar o mesmo. Diante do flagrante delito foi feito então contato com o policial civil de plantão na 53 drp de Faxinal, para informar quanto ao flagrante delito, que informou que não seria recebido o preso antes das 09h00min da manha do presente dia.


Se fez presente ainda no destacamento de policia militar de Faxinal o advogado do detido e informou que entraria com ação contra o estado, pois os policiais militares não possuem autonomia de manter o preso sob custodia durante tanto tempo, já que o destacamento de policia militar não dispõe de uma cela para que o preso fique em segurança e sem algemas.

343 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon