• Édi Willian Moreira dos Santos

Homem morre em confronto com a polícia em Faxinal


Um homem acabou morrendo e outro ficou ferido após um confronto contra a polícia na madrugada deste sábado (16), em Faxinal.


A polícia militar foi acionada para comparecer até a Rua João Leandro Barbosa, onde havia um veículo com som alto e várias pessoas fazendo uma festa, em um local que é conhecido pela polícia por morarem pessoas com passagem policial, entre eles Cambuí, Binho e Ivan. Como havia informações de várias pessoas no local, a polícia acionou reforço de outra equipe.


No local havia um Gol, de placas BJM-1679, com som alto, onde a polícia chamou o responsável pela residência, onde um homem identificado como Cambuí se identificou como responsável pela residência e Binho como responsável pelo veículo. Onde a polícia informou a Binho que o som seria apreendido e ele seria encaminhado para a delegacia. Quando Binho se preparava para tirar o som do carro, Cambuí começou a ameaçar a equipe policial dizendo que ninguém iria prender o som e também disse que do mesmo jeito que polícia mata, também morre e que iria desenterrar as armas, dar um salve para uma facção criminosa e matar os policiais de Faxinal. Diante da ameaça os policiais deram voz de prisão a Cambuí por ameaça, onde reagiu dizendo que os policiais não eram homens o suficiente para realizar a prisão, partindo para cima da polícia juntamente com outras pessoas que estavam na festa.


Durante a investida, a pessoa de Diego, tentou retirar a arma do soldado Ribeiro, onde o soldado Ribeiro e soldado Arthur tiveram que reagir realizando disparos que atingiu a perna de Diego. Durante a confusão, tentando cessar a agressão, o soldado Dias realizou disparos contra o chão, evitando que as pessoas agredissem a polícia, onde tentavam impedir a prisão de Binho e Cambuí. O frequentadores da festa entraram então na casa onde estava Cambuí, onde a polícia também adentrou e no fundo da residência encontrou Cambuí tentando sacar uma arma de fogo da cintura, quando a polícia acabou atirando e alvejando Cambuí que caiu no local. A polícia então conseguiu conter a confusão, onde algumas pessoas foram abordadas e outras pessoas conseguiram se evadir e gritavam de longe que iriam matar os policiais.


Outras viaturas foram acionadas e o SAMU foi chamado para socorrer Cambuí, que foi levado até o Hospital Municipal de Faxinal, onde acabou não resistindo os ferimentos vindo a óbito. Ainda foram presos na ocasião drogas para consumo, celulares e cigarros.

901 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon