• Édi Willian Moreira dos Santos

Jean Wyllys cospe em Jair Bolsonaro após votar no processo de impeachment



Após apresentar seu voto na sessão que permite abertura de processo de impeachment da presidente Dilma, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) cuspiu em direção ao deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Logo após a cusparada, Wyllys disse em entrevista, que teria sido insultado por Bolsonaro. Wyllys disse que na hora que ele foi votar, Bolsonaro ou alguém que estava perto do desafeto Bolsonaro, teria agarrado o braço de Wyllys com a intenção de insulta-lo e quando voltou da tribuna ele realmente cuspiu na cara de Bolsonaro.

Bolsonaro disse que a cusparada foi um fato gravíssimo, mas ele não decidiu se processará o parlamentar. Outro deputado que estava próximo aos dois também foi atingido pela cusparada de Wyllys, o deputado federal Luiz Carlos Heinz (PP-RS) também foi atingido.


3 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon