• Édi Willian Moreira dos Santos

Jovem é encontrado morto com um tiro no JK em Faxinal


Um crime que inicialmente seria um assassinato ocorreu nesta terça-feira (06), na Rua Paulo Jaroskieviski, no jardim JK em Faxinal.

Segundo a denúncia anônima, na residência do adolescente de 16 anos ouviram um estampido aparentando ser de arma de fogo, e que no local estavam um homem de 20 anos, o adolescente de 16 anos, um outro homem e a vítima, Alan Cristian Pedroso de 23 anos.

Segundo a polícia, há várias denúncias que as pessoas citadas possuem armas de fogo, e durante o patrulhamento a tarde foi visto as pessoas citadas na Praça Central do Bairro JK.

Chegando no local, a polícia abordou o adolescente em frente a sua residência, onde foi feita uma vistoria na parte externa foi visualizado um corpo de Alan, em cima de um colchão envolvido em um cobertor ao lado da residência, o corpo apresentava ferimento na região da cabeça decorrente de disparo de arma de fogo, onde Alan já se encontrava em óbito. Na busca a polícia não conseguiu encontrar nenhuma arma de fogo. Perguntado ao adolescente onde estaria os outros homens que estariam na casa, ele respondeu que tinha saído do local, a polícia então foi até a casa de um homem de 20 anos identificado como Fábio, onde ele foi detido para averiguação, porém a arma do crime não foi encontrada.Alan era morador de Borrazópolis, filho de Marilsa Brasil, conhecida como Nenê.

As primeiras informações davam conta que os jovens estavam bebendo e brincando na casa do adolescente, a brincadeira era a conhecida roleta-russa, onde uma bala é colocada no revolver e há uma tentativa de disparo, nessa versão Alan teria atirado contra a própria cabeça. Porém essa versão foi descartada no IML, quando nos exames não se constatou vestígios de pólvora nas mãos de Alan.

Segundo a polícia, o rapaz teria sido morto em outro ponto da casa e foi arrastado para outro canto da casa, onde o corpo seria ocultado. O adolescente relatou que a intenção era dar sumiço no corpo e atear fogo para não deixar vestígios.

A polícia deteve dois suspeitos, sendo um maior, com 20 anos e um adolescente de 16 anos, que serão interrogados, a polícia ainda está atrás de outro suspeito, também menor de idade que está foragido. Mais informações em breve.


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon