• Édi Willian Moreira dos Santos

Mãe acusa tatuador de retocar tatuagem em menor sem autorização em Mauá da Serra


Foto ilustrativa

Na manhã desta terça-feira (04), a polícia militar foi acionada para ir até a Rua Benjamin Constant Rosa, onde uma mãe acusou um tatuador de agir sem sua permissão.


Segundo informações, os conselheiros tutelares foi até a polícia militar, os quais apresentaram a equipe a sra. R.P. de L., acompanhada de seu filho adolescente de 14 anos, tendo a genitora relatado que em data de (03/12/2018), seu filho lhe pediu a quantia de R$ 50,00 dizendo que iria usar o dinheiro para ir até o cinema em Apucarana com uma excursão do colégio João Plath.


No entanto, por volta de 15 horas quando o adolescente retornou à residência foi verificado que o mesmo usou o dinheiro para retocar uma tatuagem que já existia em sua mão esquerda, o qual o mesmo informou ter realizado com a pessoa de R. J. M. G., 24 anos, em sua residência.


Diante da informação repassada a equipe deslocou até a residência acima citada onde foi localizada a pessoa de R., o qual afirmou a versão do adolescente e informou que o mesmo lhe havia dito que a mãe do mesmo tinha conhecimento do procedimento a ser realizado inclusive lhe fornecendo o dinheiro para custear o retoque da tatuagem, também informou que antes do fato o adolescente lhe enviou fotos da tatuagem a ser retocada através do aplicativo WhatsApp, e que possui as fotos e conversas arquivadas em seu celular, também que sua namorada M. A. de L., 20 anos, é testemunha de sua versão, pois se encontrava presente no momento do fato.


Diante da situação foi entrado em contato com o delegado de polícia civil de Marilândia do Sul, o qual orientou que fosse registrado o fato e identificasse as partes envolvidas, para posterior apresentação do adolescente acompanhado de responsável até a referida delegacia para providências cabíveis ao caso.

67 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon