• Édi Willian Moreira dos Santos

MST faz protestos por morte de integrantes do movimento


Cerca de mil manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram há pouco uma caminhada pela BR 277, em direção à praça de pedágio de São Miguel do Iguaçu, na região oeste do Paraná.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) acompanham a manifestação, que bloqueou uma das pistas. As cancelas da praça de pedágio foram abertas há instantes pelos integrantes do movimento. O protesto está relacionado à morte de dois sem-terra, ocorrida na última quinta-feira em Quedas do Iguaçu (PR).

Já começou em Quedas do Iguaçu a manifestação do Movimento Sem Terra. Eles protestam pela morte de Vilmar Bordim (44) e Leomar Bhorbak (25), assassinados em um confronto com a Polícia Militar na quinta-feira (7). A manifestação deveria acontecer no Parque de Exposições, conforme solicitou ao movimento, o prefeito de Quedas, o comando da Polícia e outras autoridades, mas os representantes do MST, não aceitaram a proposta e prometem reunir 10 mil pessoas no local.

Até o momento não há informações de tumulto. Os Sem Terra levaram caixões para a praça em forma de lembrar os mortos do confronto. Dois inquéritos, um da Polícia Militar e outro da Polícia Civil, devem apurar as causas do confronto. A PM diz que caiu em uma emboscada e por isso reagiu. Um áudio de uma das vítimas, que está internada em Cascavel informa que o primeiro disparo partiu de um membro do MST.

Fonte: Central R3


1 visualização0 comentário
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon