• Édi Willian Moreira dos Santos

Mulher é detida por racismo em hospital de Ivaiporã


Um mulher foi detida por racismo em um hospital da cidade de Ivaiporã na madrugada deste domingo (06).


Um técnica de enfermagem acionou a polícia para comparecer até o Hospital Municipal de Ivaiporã, onde chegou para atendimento duas mulheres machucadas, onde uma delas chegou em visível estado de embriaguez, alterada, gritando que ninguém estava atendendo ela, que iria publicar em mídias da internet que o hospital não estava a atendendo e que neste momento olhou para a funcionaria e falou, “você não vai me atender filho da p*”.


Com a chegada da equipe, estas estavam no pronto socorro sendo atendidas pelo medico, e que a autora continuou exaltada, falando alto atrapalhando o atendimento medico da outra pessoa, e que a autora começou a desacatar a equipe policial, chamando de policial “p* no c*” e outras palavras de baixo calão, até que a mesma olhou para um dos PMS e falou “você vai ver seu macaco” e mostrou o dedo anelar como forma de desacato.


Que apos atendimento medico e liberação da paciente foi dada voz de prisão pelo crime de injuria racial e desacato, e como a mesma estava alterada, colocando a si mesma em risco, a equipe e a técnica de enfermagem, foi necessário o uso de algema conforme sumula vinculante n 11 do stf para integridade de todos, sendo encaminhado a 54ª drp para providencias, sendo garantido todos seus direitos constitucionais.

26 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon