• Édi Willian Moreira dos Santos

Mulher tenta passar trote para a polícia e acaba presa



Na noite desta segunda-feira (15), por volta das 19h44min, na Rua Alceides Baldino, 364, no distrito Luar, em Lídianópolis, uma mulher acionou a polícia para comunicar que seu convivente havia estuprado a sua filha de 13 anos de idade, inclusive ao telefone fingia conversar com a menina que estaria em prantos.

Mesmo já sendo uma velha conhecida da polícia, por casos parecidos, tendo até o número do seu celular gravado no celular da viatura, a mulher insistia que o fato era verídico e que era uma pessoa conhecida que estava falando.

A polícia militar entrou em contato com o Conselho Tutelar de São João do Ivaí para que pudessem atender o suposto crime.

No local, a polícia e o conselho tutelar conversou com populares que de imediato delataram que só podia ser essa mulher conhecida já no meio policial que fez a denúncia. No endereço da solicitante, esta se apresentou para a equipe e começou a desconversar sobre o assunto, momento em que apareceu a filha da mesma e para a equipe que sabem das denuncias mentirosas de sua mãe e não sabem o que fazer inclusive a adolescente mostrou voluntariamente o aparelho de celular de sua mãe, que está com a ligação feita para o celular da viatura gravada.

A autora foi encaminhada para a Delegacia de Polícia para providências. No caminho para a Delegacia a autora relatou que fez a denúncia, pois queria prejudicar um referido cidadão pois este vem lhe prejudicando no serviço.


3 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon