• Édi Willian Moreira dos Santos

Mulheres dizem ser da igreja para furtar em Jandaia do Sul


Duas mulheres usaram uma falsa afirmativa de serem da igreja para podere furtar uma casa em Jandaia do Sul.


Segundo a solicitante, duas mulheres bateram palma na frente da residência, quando a mesma foi já janela para verificar de quem se tratava, duas mulheres já haviam adentrado o quintal e estavam na porta da residência, onde disseram que eram da igreja católica e que estavam ali para benzer a casa.


Enquanto uma delas pedia água e a solicitante ia buscar, a outra foi adentrando todos os cômodos em busca de objetos, a vítima continuou observando a ação desta e a todo momento dizia que não queria que a casa fosse benzida. Quando um dos quartos que estava com a porta fechada havia sido aberto, a solicitante foi atrás para verificar o que a mulher estaria fazendo, neste instante deu por falta de algumas joias que estavam em cima do móvel do quarto, então disse para que estas devolvessem as joias ou ela chamaria a polícia.


Nisto, já haviam alguns objetos separados em cima do sofá, os quais as mulheres foram recolhendo da casa e disseram que iriam levar, ao dizer que chamaria a polícia, uma delas se despiu para provar que não estava escondendo nenhuma joia, então a solicitante voltou ao quarto e viu as joias novamente onde estavam, confirmando que elas haviam pego, mas devolveram. Após isso as mulheres saíram do local sem levar nenhum objeto. A solicitante disse que as mesmas estavam em um carro de cor escura e que havia uma criança no banco de trás e que pareciam ciganas.

25 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon