• Édi Willian Moreira dos Santos

Pais dos meninos que cometeram o crime dizem que eles não apresentavam agressividade



A reportagem do Tribuna Digital esteve conversando com os pais dos meninos que praticaram o crime. Os pais de ambos são pessoas trabalhadoras e muito simples, porém buscavam dar o melhor para seus filhos.

A reportagem conversou com Lenir e João, que são pais de um dos meninos que vamos chamar de Y e com Sérgio e Cícera, que são pais do outro menino que vamos chamar de S.

Segundo os pais de Y, ele sempre foi um menino quieto, que não tinha muitos amigos, que tinha como companheiro somente S, que estava com Y todos os dias. Os pais de S também disseram que ele sempre foi um menino quieto, que também não tinha muitos amigos e o pai de S o fazia trabalhar com ele, para que o menino não ficasse na rua e andasse em má companhia.

Segundo um professor de catequese, os pais de ambos, faziam os dois frequentar a igreja e quando não queriam ir, os pais faziam ambos ir.

Os meninos, tanto S como Y, já haviam reclamado que vinham sofrendo bullyng desde o começo do ano. Uma irmã de S, nos contou que o menino que deveria usar um óculos com grau forte, acabou deixando de lado o óculos, por estar sofrendo bullyng na escola e os pais de S e também o irmão de Y já teriam ido no colégio a pedido dos meninos, onde queriam ser transferidos de turno, pois não aguentavam mais tantas brincadeiras de mau gosto que estavam sendo feita. Porém, nos últimos dias, tanto Y como S tinham parado de reclamar com os pais sobre o bullyng que vinham sofrendo.

Os pais de Y disseram que ele reclamava que sofria bullyng por andar sempre de cabeça abaixada e ser quieto demais.

Os pais disseram que aparentemente não tinham notado nenhuma mudança de comportamento em nenhum dos meninos, porém os dois andavam quietos.

Os pais também disseram que estão sofrendo muito, pois jamais pensariam que seus filhos fossem capaz de realizar tamanha atrocidade, também disseram que os meninos terão que pagar pelo crime e que nada justifica o que foi feito, também disseram que gostariam que a mãe do João Victor não estivesse passando por isso.

Os meninos tiveram penas de 3 anos de reclusão decretadas e ficaram recolhidos em uma casa de reabilitação para menores.


1 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon