• Édi Willian Moreira dos Santos

Paraná adota ações preventivas e reforça controle sobre o coronavírus


O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou uma série de medidas que estão sendo adotadas pelo Estado para reforçar os cuidados contra a proliferação do coronavírus no Paraná. O decreto estadual assinado nesta segunda-feira (16) é focado na prevenção e busca atenuar a disseminação da doença, diminuindo a circulação de pessoas e evitando aglomerações.


Em coletiva de imprensa, o governador destacou que o Paraná tem apenas seis casos da doença e que todos são importados. “Não é para pânico. As medidas adotadas têm como objetivo amenizar a proliferação do vírus”, destacou Ratinho Junior. "Queremos evitar que o contágio evolua para uma escala em que não tenhamos controle”, acrescentou.


MEDIDAS

- aulas na rede estadual de ensino serão paralisadas por tempo indeterminado a partir da próxima sexta-feira (20).

- suspensão de grandes eventos, públicos e particulares, que reúnam mais de 50 pessoas.

- fechamento, a partir desta semana, de museus, bibliotecas, teatros e centros culturais do Estado do Paraná por tempo indeterminado.

- suspensão das visitas em hospitais, penitenciárias e centros de socioeducação.

- funcionários públicos estaduais com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas, gestantes, lactantes ou que regressaram de locais com surto reconhecido deverão realizar trabalho remoto (home office) por 14 dias. O mesmo vale para os servidores que, mesmo fora do grupo de risco, apresentarem qualquer sintoma da doença.

- ficam suspensas, a partir da segunda-feira (23), as férias e licenças, de servidores da Secretária de Estado da Saúde, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.


SINTOMAS

Os principais sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, são semelhantes ao de um resfriado, como febre, tosse seca, dificuldade para respirar e insuficiência renal nos casos mais graves. Caso apresente os sintomas, é importante procurar ajuda médica imediata para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Além das unidades de saúde, o paciente também pode entrar em contato pelo telefone 0800 644 4414 ou pelo Whatsapp (41) 3330-4414.

51 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon