• Édi Willian Moreira dos Santos

Pedágios terão reajuste no Paraná


As tarifas da Viapar vão subir 17,60%. Foi a concessionária de rodovias federais no Paraná com o maior índice de aumento dos pedágios do Anel de Integração, conforme homologação da Agência Reguladora do Paraná (Agepar), ocorrida nesta segunda-feira (10/12).


Os novos preços passam a vigorar a partir da publicação pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). O menor reajuste será nas praças da Rodonorte, de 6,66%. A Econorte, que por recente decisão judicial teve as tarifas reduzidas, não pediu reajuste.


Segundo a Agepar, o valor é maior do que a inflação do período devido ao fato de, na forma paramétrica, utilizada para cálculo do reajuste, além do IPC entram outros índices que elevaram o percentual. O aumento se deu em cinco das seis concessionárias do Anel de Integração e, na média, são:


Rodonorte 6,66%

Ecovia – 7,91%

Ecocataratas – 7,66%

Viapar – 17,60%

Caminhos do Paraná – 8,40%

Econorte – Não apresentou pedido de reajuste


Os índices solicitados pelas empresa foram conferidos pelo DER-PR, que depois de aprovar os cálculos, encaminhou os processos para a Agepar homologar. A agência afirmou que “devido à complexidade do cenário atual” prometeu uma análise minuciosa.


Por complexidade do cenário atual entende-se as suspeitas de corrupção ativa e passiva que recaem sobre as concessionárias de pedágios e o alto escalão de ex-dirigentes do governo estadual e do DER-PR. O escândalo tornou-se público com duas operações da Lava Jato.


Pelos contratos, as tarifas das seis empresas seriam reajustadas no dia 1 de dezembro. O governo estadual recorreu à Justiça para não conceder o reajuste contratual, mas o juízo federal de Curitiba negou a liminar solicitada. A partir daí os processos passaram a tramitar no DER-PR e Agepar.

Fonte: RTV Canal 38

33 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon