• Édi Willian Moreira dos Santos

Polícia Ambiental prende material de pesca em Borrazópolis


A polícia militar ambiental acabou por realizar a apreensão de materiais de pesca e fizeram uma autuação por pesca em local proibido, ainda foi apreendido uma arma de fogo.

A polícia ambiental recebeu uma denúncia, onde foi até uma corredeira, no Bairro Salto Fogueira, onde acabou abordando 08 pessoas, que estavam em um acampamento improvisado com lonas e barracas. Durante as buscas nos pertences foi localizada uma tarrafa de malha 05 cm, e aproximadamente dois quilos de pescados (cascudos, tambiús, mandi e um campineiro), pegos com a referida tarrafa.

Uma das pessoas assumiu ser o responsável. Os peixes já estavam temperados e prontos para o consumo. Também foi localizada uma espingarda calibre 0.22" com silenciador e luneta, além de 75 munições intactas. Perguntado aos abordados quem seria o responsável pelo material, a mesma pessoa que assumiu ser dona dos peixes, também assumiu ser o dona da referida arma.

Também havia uma rede de aproximadamente 10 metros de comprimento armada as margens do Rio Ivaí. Em buscas no entorno do acampamento foram localizados três sacos contendo redes, espinheis e tarrafa. "Diante dos fatos, as pessoas foram orientadas a se retirarem do local, por estarmos em período de piracema e por se tratar de local proibido para pesca (Corredeira).

Após lido os direitos constitucionais. a pessoa que assumiu ser a dona da arma e materiais, foi conduzida a 53ª Delegacia de Polícia de Faxinal para a adoção das medidas cabíveis. Os materiais encontrados também foram recolhidos e encaminhados para a Delegacia, por estarem em área de preservação permanente. Os materiais que estavam acondicionados nas sacarias eram os seguintes: dois espinheis, treze redes sendo de malhas 05 cm, 06 cm, 08 cm, 10 cm, 13 cm, 15 cm, 23 cm e 01 (uma) tarrafa malha 05 cm", informou a Polícia Ambiental.

Fonte: Berimbau


7 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon