• Édi Willian Moreira dos Santos

Polícia apreende adolescente e mais de meio quilo de droga em Jardim Alegre


A polícia militar de Jardim Alegre apreendeu um jovem de 18 anos acusado de tráfico de drogas, na tarde desta quinta-feira (22).


A polícia estava em patrulhamento próximo a esquina da Rua Tapajós com a Rua São Paulo, quando avistou um indivíduo conhecido do meio policial por ser usuário de drogas, sendo que o mesmo ao avistar a viatura demonstrou nervosismo, sendo então dado voz de abordagem ao mesmo no local.


Em busca pessoal do indivíduo de 18 anos, nada de ilícito foi localizado. Ao ser questionado onde estaria indo naquele local (pois é de conhecimento da equipe que S mora do outro lado da cidade) este afirmou que estaria indo na casa do vulgo “menor”, sendo este indivíduo alvo de várias denúncias de tráfico de drogas, o qual morava próximo ao cemitério na cidade de Ivaiporã e lá já praticava o tráfico de drogas, e que há 2 meses havia mudado para a cidade de Jardim Alegre, dando continuidade no tráfico na referida cidade.


Questionado S, afirmou para a equipe que estaria indo até a casa do vulgo “menor” buscar maconha, onde havia acabado de negociar com o mesmo a quantidade de 50 gramas da droga pelo valor de R$ 100,00. Diante do fato, esta equipe deslocou até a Rua Tapajós, onde mora a família do vulgo “menor” e que ao aproximar-se da residência, visualizou um indivíduo no portão, que ao ser dado voz de abordagem ao mesmo, este desobedeceu à ordem legal e correu para o interior do quintal, onde foi possível visualizar o mesmo dispensando dentro de um vaso de flor algum objeto de cor branca e posteriormente saiu correndo para os fundos da residência, sendo então adentrada a residência e abordado o indivíduo nos fundos do quintal da casa.


Questionado o indivíduo identificado um menor de 16 anos, este não soube explicar o porquê desobedeceu a equipe e correu para os fundos, porém ao ser verificado o que o mesmo havia dispensado no vaso de flor, na frente da residência, foi constatado que eram 03 invólucros envolvidos em sacola plástica de cor branca, contendo em seu interior substância análoga a maconha que pesadas totalizaram aproximadamente 61 gramas.


No interior da residência estavam 1 homem e 2 mulheres, sendo identificados, questionado os indivíduos se haveria mais drogas na residência, o avô Do menor afirmou que havia visto o mesmo escondendo no quintal dos fundos da residência algo estranho e mostrou o local, autorizando a equipe a realizar buscas pela residência, sendo que ao verificar o local informado pelo avô, foi localizado embaixo de uma pedra, um pote plástico pequeno, contendo em seu interior amarrados em sacos de geladinho, 08 pedras de substância análoga a crack, que pesadas totalizaram aproximadamente 1 grama.


Ao ser verificado no quarto do “menor”, foi localizado embaixo da cama, dentro de um pote de vidro vários pedaços de substância análoga à maconha assim como também 04 invólucros envolvidos em sacola plástica de cor branca contendo em seu INTERIOR SUBSTÂNCIA análoga a maconha. Ainda no quarto, foram apreendidos vários saquinhos de geladinho (estes usados para embalar o crack), também 03 facas com resquícios de maconha (utilizados para picar a droga) e R$ 24,00 em notas trocadas.


Nos fundos da residência, dentro de uma pia de cozinha velha, foi localizada uma caixa de leite com fundo estourado, que em seu interior foi localizado mais 02 pedaços de substância análoga à maconha, e ainda sobre uma mesa, foi localizado mais 02 invólucros envolvidos em sacola plástica de cor amarela contendo substância análoga à maconha. No banheiro da residência, dentro do forro no alçapão, foi localizado um tijolo envolvido em fita adesiva de cor marrom, contendo em seu interior, substância análoga a maconha. Foram localizados pela residência alguns objetos de origem duvidosa, que questionados os moradores da residência não souberam informar a procedência, sendo os mesmos apreendidos, tais como 1 câmera digital na cor preta marca Tron, 1 aparelho de cigarro eletrônico cor preta marca Airistech, 1 celular marca Motorola cor dourado, 1 celular marca Samsung cor dourado (com várias avarias), 03 correntes de prata e 03 pulseiras de prata.


Cumpre ressaltar que parte das drogas estava em locais visíveis e de fácil acesso, o que demonstra que todos na

residência tinham ciência das drogas e estavam de acordo com o ilícito. Questionado a mãe do menor, informou à equipe que a mesma não estava trabalhando, assim como seu filho também estava desempregado. Ao questionar S (usuário de drogas) se haveria drogas em sua residência, o mesmo informou à equipe que não e autorizou a equipe deslocar até sua residência na Rua Pitanga, que em contato com sua mãe, a Sr.ª, autorizou a equipe a verificar o quarto Do filho (autorização por escrito), sendo que em buscas, nada de ilícito foi localizado.


Diante dos fatos, o menor e sua mãe foram encaminhados como autores do tráfico de drogas e S como testemunha dos fatos, que cientificados de seus direitos constitucionais, juntamente com objetos e entorpecentes, foram conduzidos até a 54ª DRP de Ivaiporã para providências cabíveis. As drogas apreendidas, pesadas totalizaram a quantia de 513 gramas de maconha e 1 grama de crack.

5 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon