• Édi Willian Moreira dos Santos

Polícia civil pede exumação de corpo para investigação em Lidianópolis


O delegado de Ivaiporã, Dr. Aldair Oliveira acompanhado de outros agentes da Civil e da equipe do IML (Instituto Médico Legal), esteve no cemitério de Lidianópolis, nesta quarta-feira.


No local acompanharam a exumação do corpo do jovem Loamin Campos da Rosa, 21 anos, que foi encontrado em um cafezal no dia 04 de maio após desaparecimento no dia 01 de maio. Acredita-se que Loamin foi brutalmente assassinado, mas a forma usada no crime ainda não foi revelada.


O delegado Aldair não divulgou muitos detalhes para não atrapalhar as investigações e também para evitar a propagação de fatos que possam não se confirmar, mas afirmou que está convencido de que houve um assassinato. "A exumação é para colhermos novos elementos que farão parte do inquérito policial. Após toda a conclusão, poderemos, com mais precisão, apontar os demais detalhes", disse Aldair.


SOBRE O CASO

No dia 04 de maio, início da noite, o corpo, foi encontrado em decomposição no meio de um cafezal, que fica nos fundos de um Conjunto Habitacional, no final da Rua Paraná, limite da cidade na conhecida saída para o "Bicão".


Uma pessoa, se dizendo familiar do conhecido "Loamin", disse que desde sexta-feira, dia 01 de maio, de 2020, ele estava desaparecido.

Informações: Berimbau

348 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon