• Édi Willian Moreira dos Santos

Polícia prende acusado de assassinar jovem em São João do Ivaí



A polícia militar de São João do Ivaí, prendeu nesta segunda-feira (15), o jovem Cleiton de Souza Gomes, 19 anos, morador de São João do Ivaí, com passagens pela Polícia, que confessou ter matado com requintes de crueldade, a jovem Vanessa Formentini, no sábado (13).

Segundo informações da Delegada Karen Friendrich, de São João da Ivaí e do delegado Jacovós, de Apucarana, o rapaz entrou na casa, na manhã de sábado, dia 13 de maio, para furtar o carro da família, achando que não havia ninguém. Como foi surpreendido pela moça, que o conhecia e estava saindo para o trabalho, decidiu mata-la com golpes de faca e com pancadas na cabeça, utilizando uma bateria de carro como arma.

A referida faca foi encontrada com o cabo quebrado, embrulhada em um pano em um terreno, próximo a casa. Ainda segundo a Delegada Karen, o indivíduo disse que a moça não o atacou, mas como ela o viu e ele já tinha uma outra situação de furto na casa da família, decidiu matar porque caso não o fizesse, seria preso da mesma forma. O meliante afirmou que cometeu o crime apenas com o golpe de faca e não de tesoura como se imaginava inicialmente e como a moça não morria, ele decidiu pegar um objeto, que era a bateria e bater em sua cabeça para se assegurar que ela tinha morrido.

Vanessa Formentini, de 26 anos, era filha do comerciante Luiz, dono do Supermercado São Luiz. No dia 13 de maio, de 2017, data em que ela foi encontrada morta, dentro de casa, na Rua João Pepino Batista, pelo irmão, Policiais Militares e Civis, foram ao local. Em seu relatório, a PM descreveu exatamente como o crime foi constatado.

Um irmão da jovem disse que ele e o pai foram trabalhar no Supermercado e como a irmã demorou a chegar, isso já por volta das 10 horas, ele decidiu voltar em casa. Quando lá chegou, notou que estava a residência trancada. Ao dar a volta no imóvel, puxou a cortina da janela que estava aberta, momento que avistou os pés de sua irmã. Percebeu ainda que ela estava caída ao lado do sofá, porem não conseguiu ver o restante do corpo. Assustado, voltou rapidamente para o Mercado, para pegar a chave, e quando entrou na casa, notou que a irmã estava inconsciente e com uma grande poça de sangue ao redor da cabeça. Ele ligou para a ambulância e assim que os enfermeiros chegaram, confirmaram o óbito.

O pai de Vanessa, senhor Luiz, confirmou que saiu de sua residência, por volta das 07h45min, e sua filha estava dormindo, fato rotineiro, pois ela sempre seguia para o trabalho após ele. Perguntado ao pai se a moça tinha inimigos, o comerciante afirmou que não e que ela era uma menina tranquila. Ainda segundo a Polícia Militar, uma testemunha afirmou que, por volta das 08 horas, avistou um individuo parado, três casas para cima.

Ele estava olhando em direção a residência da vítima e trajava calça Jeans escura, camiseta vermelha, boné azul e aparentava ter de 20 a 25 anos, o qual foi identificado e preso na segunda-feira, dia 15 de maio.

Informações: Blog do Berimbau


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon