• Édi Willian Moreira dos Santos

Polícia prende acusado de estuprar adolescente em Rosário do Ivaí


Foto: Polícia Civil

Um homem foi preso após ser acusado de estuprar uma adolescente de 13 anos, na noite de segunda-feira (04), em Rosário do Ivaí.


Era por volta das 21 horas, quando o conselho tutelar foi chamado até a Rua Rio Grande do Sul, onde a menor R R C M, Menor de 13 anos estaria tendo relações sexuais com um homem adulto de 22 anos, segundo a conselheira tutelar, familiares e a mãe da menor, viram quando o homem pulou a janela do quarto da menina e percebendo a presença de familiares evadiu-se correndo para o mato, onde os familiares correram atrás dele porém não conseguiram alcança-lo e em seguida foram procurar o conselho tutelar para providências.


A polícia militar foram acionados e fizeram buscas a fim de encontrar o autor, porém sem êxito.


Na manhã de terça-feira (05), por volta das 11 horas, na Rua Arapongas, a equipe policial patrulhava pela localidade quando, foi avisada via fone que a pessoa acusada dos fatos estaria na residência dos pais da criança que teria sido vitima do mesmo, que o mesmo estaria dizendo em alto e bom tom que mataria toda a família se registrassem o boletim de ocorrência que já fazia algum tempo que o mesmo estava ali gritando que se "mandasse pra frente" iriam se arrepender dentre outras ameaças audíveis a quem fez a denuncia, por se tratar de um crime com grave ameaça a equipe então no intuito de proteger a integridade da família deslocou rapidamente no referido endereço, que ao chegar à residência a mãe da criança teria dito que "o mesmo" saiu ao perceber a presença da equipe policial, porem teria entrado na residência onde ele reside que é vizinha da vitima.


A polícia então questionou o pai do mesmo quanto ao comportamento que estariam tendo com a equipe sendo que hostilizavam a equipe e tentavam intimidar dizendo que chamaria o advogado, momento em que o policial que estava juntamente com o outro policial em frente à residência, viu o acusado passar de um cômodo para o outro, sendo então dado voz de abordagem ao mesmo que tentou se evadir pelos fundos momento que foi abordado pelo policial que de forma agressiva partiu para cima do policial dizendo "atira em mim vem vamos ver se tem coragem atira e tentou investir contra o policial que conteve a injusta agressão a medida da necessidade fazendo o uso da força, quando também em apoio de reforço conseguiram segurar o preso, que instantes depois este ainda com muito nervosismo investiu novamente e fora contido mais uma vez, que já na delegacia ao ser retirado do camburão passou a ameaçar familiares dos policiais dizendo que também tem filhos com o intuito claro de tentar intimidar, ressalva essa equipe que a mãe da criança relatou ainda que já soube de rumores.


Que isso seria pratica comum da pessoa do acusado agir de forma violenta e ainda aproveitar da inocência de crianças para conseguir a pratica sexual e que posteriormente ameaçava os familiares e ainda debochava dizendo que não eram homens. Por fim essa equipe entrega a autoridade policial para que seja tomada as providencias cabíveis.

0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon