• Édi Willian Moreira dos Santos

Político oposicionista é morto na Venezuela



O político opositor ao governo de Nicolás Maduro foi morto a tiros durante um comício na noite desta quarta-feira (25). Trata-se de Luiz Manuel Díaz, secretário-geral do partido Ação Democrática (AD) no município de Altagracia do Orituco, a morte foi atribuída por simpatizantes a grupos armados ligados ao governo chavista que segundo informações da imprensa local, vem comentendo uma série de ataques contra a campanha opositora.

Segundo testemunhas, o político estava no palanque do evento quando foi alvejado por tiros disparados de um carro, além de Diaz, uma integrante da juventude do partido foi ferida.

No evento também se encontrava Lilian Tintori, mulher do opositor Leopoldo López, que está preso há um ano e meio sob acusação de instigar protestos contra o governo de Maduro.

No último domingo (22), um veículo que levava um candidato a deputado do partido Primeiro Justiça foi cercado por homens armados que o impediram de fazer campanha numa favela de Caracas. Os agressores usavam camisetas vermelhas do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o partido do falecido ditador Hugo Chaves e também do atual presidente Nicolás Maduro.


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon