• Édi Willian Moreira dos Santos

Policiais são suspeitos de resgatar bandidos na região de São João do Ivaí



O Serviço de Inteligência da Polícia Militar (P2), abordou nesta terça-feira (1), dois policiais militares suspeitos de envolvimento com quadrilha que arrombou o Banco do Brasil de São João do Ivaí. Trata-se de José Carlos da Silva, de 50 anos, policial aposentado e Marcelo Franco de Melo, de 40 anos, que está afastado da corporação por licença médica.

Segundo informações da própria polícia, os policiais foram detidos proximo a uma mata no município de São João do Ivaí, durante uma operação da P2 para tentar capturar os bandidos que arrombaram a agência do Banco do Brasil na madrugada. A equipe da P2 recebeu informações que dois foragidos estavam escondidos em uma mata, próximo a São João do Ivaí e foi para o local na tentativa de captura, quando um Gol prata parou próximo a mata e dois homens saíram da mata e entraram no veículo. O motorista do Gol então manobrou o carro e saiu em alta velocidade pela PR 082, sentido a Lunardelli. Quando chegou próximo a outra mata, o carro freou e os homens desembarcaram.

No momento que foi feito a abordagem, foi identificado os dois policiais, que foram detidos e encaminhados a

Delegacia de Polícia Civil de São João do Ivaí. Os policiais negaram a carona e a perseguição policial.

José Carlos da Silva estava em posse de uma pistola .40, registrada em seu nome e 21 munições proibidas em território brasileiro, o que motivou sua prisão.


3 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon