• Édi Willian Moreira dos Santos

Prefeitura recolhe os ônibus dos universitários atendendo recomendação do Ministério Público


Foto: Lobão

O Prefeito de Faxinal, Ylson Alvaro Cantagallo, lamentou a decisão do Ministério Público de que a ajuda aos universitários com ônibus escolar seja irregular.


Em reunião realizada com o secretário Francisco Alfredo Ferreira, o “Ral”, no sábado (26) de janeiro de 2019 com a Associação dos Universitários, o secretário explicou através de documentos a decisão e explicou que em campanha, o prefeito se comprometeu a ajudar com 50% o transporte escolar os alunos e que após a conquista, esse apoio chegou a 65%.


O secretário também explicou que houve algumas denúncias ao Ministério Público, de que o transporte não estava a contento, sem segurança, entre outras situações. Com isso, a prefeitura recebeu a recomendação do Ministério Público para que cancelasse o convênio de cessão dos ônibus com a Associação dos Universitários e exonerasse todos os motoristas que estavam trabalhando nas linhas. Segundo o secretário, “O prefeito não é obrigado a acatar essa recomendação, mas pode sofrer medidas jurídicas no futuro” afirmou Ral.


Atualmente os universitários estão pagando de R$200 a R$300 reais e com essa situação, as mensalidades neste início de ano com empresas particulares devem ficar em média de R$ 500 a R$ 600 reais mensal e com isso muitos estão preocupados, pois o aumento deste orçamento deve atrapalhar o estudo de muitos jovens. O prefeito de Faxinal, Ylson Cantagallo, pediu calma aos universitários e disse que não vai desistir de lutar, e já marcou uma audiência no Tribunal de Contas do Paraná para arrumar uma saída para essa situação.

376 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon