• Édi Willian Moreira dos Santos

Presidente da Câmara Municipal é morto em Ortigueira



O presidente da Câmara de Vereadores de Ortigueira (PR), João Batista Luiz Borges (PSDB), foi morto na zona rural do município na noite de ontem (18). Borges morava com mulher e filhos em um assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), local onde ocorreu o crime.

Segundo informações da Polícia Civil paranaense, pelo menos dois homens roubaram um veículo Fiat Uno branco nas proximidades da residência do vereador. Em seguida, foram até a casa e anunciaram o assalto, ordenando que lhes fossem entregues dinheiro, celulares e armas de fogo. Depois da ação, os criminosos levaram Borges para o carro e deixaram a esposa dele trancada no banheiro.

A polícia foi acionada por volta das 19h, ainda com a informação de que o vereador havia sido sequestrado. Ao chegar ao local, os agentes encontraram o corpo de Borges em um matagal, a poucos metros da casa. Ele foi morto com um tiro na cabeça. O veículo foi abandonado no local pelos criminosos.

Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil, que ainda não descobriu se houve latrocínio ou homicídio. Testemunhas, parentes e conhecidos estão sendo chamados para prestar depoimento. Ainda não há suspeitos.

O vice-presidente da Câmara Municipal, Nivaldo de Oliveira Mello, decretou luto oficial por três dias Legislativo Municipal, em pesar pela morte de Borges.

Segundo caso

Há três meses, no dia 18 de abril de 2016, outro caso que chocou a população, foi a morte em uma emboscada de outro vereador e presidente da Câmara Municipal de Ortigueira, Rafael Costa. Que foi preso em uma emboscada, juntamente com seu pai. O crime ainda é investigado.

Informações: Agência Brasil


2 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon