• Édi Willian Moreira dos Santos

Professores decidem se entram em greve no dia 15


A direção estadual da APP Sindicato antecipou para o próximo dia 15, em Curitiba, uma assembleia estadual para deliberar sobre a adesão dos professores e funcionários de escolas à greve de todas as categorias do serviço público do Paraná a partir do dia 25 de junho.


A antecipação é consequência da falta de respostas do governador Ratinho Junior (PSD) sobre o pagamento da data-base. Para aumentar a pressão, a APP-Sindicato e as demais entidades que representam o funcionalismo estadual e compõem o Fórum das Entidades Sindicais do Paraná (FES) aprovaram uma agenda conjunta de mobilização.


No dia 14 de junho, a adesão é pela greve geral, em todo país, convocada pelas centrais sindicais, em defesa da escola pública e contra a reforma da Previdência. Em Curitiba, a concentração terá início às 10h, em frente ao Palácio Iguaçu. Nessa data, o FES quer uma reunião com o governador Ratinho Junior. Caso os servidores não tenham resposta concreta sobre a reposição salarial, a orientação do FES é por greve estadual.


A adesão dos professores e funcionários de escola à essa greve, com indicativo de tempo indeterminado, será decidida em assembleia estadual da APP-Sindicato no dia 15.

26 visualizações
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon