• Édi Willian Moreira dos Santos

Salários de professores do PSS são depositados em folha complementar



Depois de muita polêmica, os salários dos professores contratados pelo Processo Seletivo Simplificado (PSS), estarão disponíveis nesta quarta-feira (16) que fizeram, ao longo do mês de fevereiro deste ano, as reposições de conteúdo referente ao ano letivo de 2015. A medida beneficia cerca de quatro mil profissionais. NOVOS CONCURSOS

A categoria de profissionais da educação, cobra entre outras demandas a realização de um concurso público, que visa suprir a falta de profissionais, que hoje são ocupadas pelos professores do PSS. A secretária Ana Seres aponta, por exemplo, que a terceirização e a entrega de escolas a organizações sociais não ocorrem no Paraná. Ela acrescentou que já foram inclusive protocolados os dois pedidos de concursos para agentes I e II e, também, solicitada a oferta de dobra de padrão. Outro item citado na pauta nacional é a militarização de escolas, que não ocorrem no nosso Estado, observou a secretária. Além disso, em relação ao piso nacional, Ana Seres esclarece que um professor em início de carreira no magistério do Paraná recebe atualmente remuneração mensal de R$ 3,6 mil (para jornada de 40 horas por semana), para o nível I da carreira, licenciatura plena. São R$ 2,8 mil de salário, mais R$ 800 de auxílio-transporte, o que totaliza a remuneração de R$ 3,6 mil. Já o piso nacional dos professores, anunciado pelo governo federal, é de R$ 2,1 mil para 40 horas semanais, após um incremento de 11% - antes era de R$ 1,9 mil. No Paraná, a remuneração aumentou em relação ao ano passado, pois em janeiro foi concedido reajuste de 10,67% aos servidores, chegando ao piso de R$ 3,6 mil. Fonte: AEN


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon