• Édi Willian Moreira dos Santos

Senado aprova licença paternidade de 20 dias



O senado aprovou na primeira reunião ordinária de 2016, que ocorreu nesta quarta-feira (03) um marco regulatório dos direitos da primeira infância, voltado para as crianças até seis anos de idade. O principal avanço do texto, que segue para sanção presidencial, é a ampliação da licença-paternidade dos atuais cinco dias para 20 dias. O aumento não será obrigatório para todas as empresas, somente para as empresas que aderirem ao programa Empresa Cidadã, que também possibilita o aumento da licença-maternidade para seis meses. A licença-paternidade de 20 dias também valerá para adoção. O marco legal também prevê identificação e prevenção dos casos de violência contra gestantes ou crianças, em mecanismo semelhante aos já adotados em outros países, por meio do sistema de saúde. A proposta aprovada desonera e facilita o registro de crianças, além de prever o acompanhamento contínuo das políticas públicas, como sugere a Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: Portal Bonde


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon