• Édi Willian Moreira dos Santos

Vendedores de pizza são detidos em falsa promoção em nome da igreja em Borrazópolis


Um fato inusitado chamou a atenção da cidade de Borrazópolis, onde alguns jovens, possivelmente adolescentes, que estavam vendendo pizzas pelas ruas da cidade supostamente em nome da igreja católica.

Segundo os jovens, um dos motivos da venda de pizzas supostamente, era para arrecadar fundos para a Igreja Católicas, onde várias pizzas estavam mofadas e sem condições de consumo. O fato gerou um burburinho na cidade, tanto que o pároco da cidade, o Padre Paulo, gravou um vídeo para ser divulgado nas redes sociais informando que a Igreja não estava fazendo nenhuma campanha de Pizza e que se alguém estivesse usando o nome da Paróquia Imaculada Conceição, tratava-se de uma inverdade.

Já na sexta-feira (02), várias denúncias foram feitas e os acusados foram abordados em Kaloré, pela Polícia Militar, na Rua Ângelo Imposseto, esquina com a Rua Professor Irineu Citino, com apoio da PM, de Borrazópolis, onde foi feita a abordagem a uma Kombi e apreendidas 13 pizzas.

No veículo estavam três pessoas de 17, 19 e 20 anos e um outro jovem de 20 anos, foi localizado pelas ruas da cidade, com mais 07 pizzas, onde tudo foi levado para o Destacamento. Como houve a informação que também estava ocorrendo a comercialização, em Borrazópolis, houve a apreensão de mais três menores de 16, 17 e um maior de 20 anos.

Uma equipe da Vigilância Sanitária de Kaloré, constatou irregularidades nos produtos, onde a orientação foi pela destruição dos produtos, totalizando 21 pizzas, por causa do risco a saúde. Como não havia nenhum mandado de prisão contra os detidos e nenhum dos consumidores quis representar, foi feita a liberação dos mesmos e adotadas as devidas providências que requer o caso, informou a PM.

O Sargento Gilmar Soares, de Borrazópolis, informou que os envolvidos foram qualificados, e caso alguém tenha problemas de saúde por causa do consumo das pizzas ou queria representar, basta procurar a Delegacia de Polícia. Foi a PM de Borrazópolis que também fez o boletim de infração de trânsito da Kombi.


0 visualização
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon